Keep Calm
se conduzindo.
THEME BY SE-GUNDOS | BASE + +
1 2 3 4

Os famosos e os duendes da morte.


“Me perco nesses pensamentos, embora eles sejam somente sobre você.”
Fabrício Bernardo (via soupoetico)

“Não foi planejado, nem premeditado. Foi só um querer estar perto e cuidar, tomar todas as dores e lágrimas como se fossem suas. A vontade e o desejo vieram depois, bem depois. Não foi um lance de corpo, foi um lance de alma. Não foi o jeito de escrever, ou de se vestir. Foram as palavras. Uma saudade e uma urgência daquilo que nunca se teve, mas era como se já tivesse tido antes. Foi amor. É amor.”
Tati Bernardi. (via troverai)

“Quando você ama, tenta demonstrar de alguma forma. Do jeito errado, do jeito certo, sem jeito, do seu jeito, mas tenta.”
Caio F. Abreu. (via soupoetico)

Chorar calado, pensar quieto, desabafar com as paredes, rotina diária de quem é forte e ainda consegue colocar um sorriso no rosto.


“Meu coração apanhou por quem ele mais batia.”
Fabrício Bernardo (via romeuemcrise)

“Exagerada toda a vida: minhas paixões são ardentes; minhas dores de cotovelo, de querer morrer; louca do tipo desvairada; briguenta de tô de mal pra sempre, durmo treze horas seguidas; meus amigos são semi-irmãos, meus amores são sempre eternos e meus dramas, mexicanos!”
Clarice Lispector. (via acrescentada)

“Faria alguma diferença se eu dissesse que te amo, e que você é tudo que eu sempre quis na vida?”
Efeito Borboleta.  (via prestigiador)